Servidores da Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social (Sedhas) e da Coordenadoria de Defesa Civil (Secretaria da Segurança e Cidadania) realizaram, nesta quinta-feira (26/03), visitas às famílias que correm risco de serem atingidas por inundações. As ações se concentraram no distrito de Taperuaba e nas margens do Rio Acaraú (Tamarindo e Santa Casa).

Em Taperuaba, foram visitadas 87 famílias; e na sede, 112 famílias que moram no entorno do rio. As visitas tiveram como objetivo a orientação de que atividades próximas à margem do rio sejam evitadas. Também deixaram as famílias de sobreaviso para a necessidade de remoção, caso necessário.

A equipe da Sedhas já articulou espaços para possíveis abrigos e a logística de transportes, levando em consideração as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a Covid-19, de evitar aglomeração. A equipe estará permanentemente de sobreaviso até o final das chuvas para atender essa população.

 

A Prefeitura de Sobral está realizando, diariamente, ações de fiscalização nos comércios da cidade desde que entrou em vigor o Decreto Nº 2.371, de 16 de março de 2020, que decretou situação de emergência em saúde no município para enfrentamento da infecção pelo novo coronavírus. 

Posteriormente, o Decreto Nº 2.376 estabeleceu a intensificação das medidas, com o fechamento temporário de diversos equipamentos públicos e estabelecimentos comerciais. Por fim, o Decreto Nº 2378 restringiu o funcionamento do Mercado Público e dos bancos e lotéricas. O objetivo é evitar a aglomeração de pessoas.

O descumprimento das medidas pode acarretar multa diária de R$ 50 mil reais. Estabelecimentos do setor de alimentação podem continuar a comercialização por meio do  serviço de delivery.

As ações de fiscalização estão sendo realizadas por equipes da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA) e Guarda Civil Municipal, nos períodos da manhã, tarde e noite.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) comunica que no período de chuvas as enxurradas mais fortes provocam aumento da turbidez da água, o que obriga o SAAE a reduzir a oferta, visando garantir a sua qualidade.  A água chega às Estações de Tratamento com valores de cor e turbidez muito elevados, o que dificulta a remoção de impurezas.

Com a cheia do Rio Acaraú, nesta quinta-feira (26/03), fica prejudicado temporariamente o abastecimento para os bairros Dom Expedito, Distrito Industrial, Sinhá Sabóia, Cohab I, Cohab II, Cidade Gerardo Cristino, Alto da Rolinha,  Dom Expedito, Jatobá I e II e do distrito de Caioca. O SAAE esclarece que a água distribuída para estes locais pela Estação de Tratamento de Água (ETA) Dom Expedito, apesar da turbidez, é própria para o consumo humano.

O SAAE orienta aos usuários para que, durante este período de enxurradas e diante da situação de pandemia do coronavírus (Covid-19), com a necessidade de higiene das mãos e objetos, evitem o desperdício de água, privilegiando as atividades essenciais.

 Tratamento da água

A turbidez ocorre quando a água tem sua transparência reduzida, devido à presença de sólidos em suspensão (no nosso caso, estes sólidos são predominantemente lama).

Para tornar-se apropriada ao consumo humano, a água é submetida a um rigoroso tratamento, com as normas de controle e vigilância da qualidade, estabelecidas na Portaria nº 2.914/11 do Ministério da Saúde. Este processo é realizado em Sobral pelo SAAE, nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) Sumaré e Dom Expedito, através das etapas de coagulação, floculação, decantação, filtração e desinfecção com cloro.

O SAAE trabalha para garantir água para todos os moradores de Sobral com regularidade, qualidade e segurança. Para reclamações, solicitações, sugestões ou esclarecimentos, a população pode entrar em contato pelo site www.saaesobral.com.br ou pelos telefones 0800.283.0195, (88) 98129-1704 e 99247-3431 (whatsapp). Também estão disponíveis os telefones da presidência da autarquia: (88) 98122-2268 e (85) 99994-1190.

 

Os servidores da Secretaria da Educação de Sobral estão participando, desde segunda-feira (23/03), do curso on-line “Introdução aos Ambientes Virtuais de Aprendizagem e Educação a Distância”. A formação está sendo ministrada por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem da Universidade Federal do Ceará - Solar e tem como tutor o secretário de Educação, Herbert Lima.

Na plataforma, os cursistas participam de fóruns e chats, têm acesso ao material didático, participam de webconferências e montam seus portfólios com os trabalhos propostos nas aulas. No curso, são apresentados conceitos introdutórios sobre Educação a Distância (EAD), ambientes virtuais de aprendizagem, tutoria em EAD e produção de material didático para a EAD.

O secretário da Educação explica que o próximo passo será a “oferta de cursos on-line para professores do município com capacitação em ferramentas tecnológicas digitais em ambientes virtuais de aprendizados sobre conceitos de educação a distância. A etapa seguinte será a oferta de um portal digital com material didático, videoaulas e exercícios para que todos os estudantes da rede pública municipal e os pais possam acessar e realizar atividades pedagógicas durante esse período de distanciamento social”, disse Herbert Lima. 

O objetivo é capacitar coordenadores e técnicos da Secretaria da Educação, diretores escolares, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais, além de colaboradores da Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional (Esfapege).

Para a diretora do Centro de Educação Infantil Professora Maria José Carneiro, Raquel Chaves, o curso é “muito promissor. A educação a distância, no momento em que estamos vivendo, se torna vital. Mesmo não estando presentes fisicamente, estamos interagindo no ambiente virtual da Plataforma Solar. O curso está nos oferecendo conteúdos que vão proporcionar um desenvolvimento profissional muito significativo, desenvolvendo competências e habilidades que antes não tínhamos”.

 

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) comunica, por meio da Gerência de Água, que o abastecimento dos bairros Dom Expedito, Distrito Industrial, Sinhá Sabóia, Cohab I, Cohab II, Cidade Gerardo Cristino, Dom Expedito, Alto da Rolinha, Jatobá I e II e do distrito de Caioca, foi prejudicado, nesta quarta-feira (25/03), em virtude da falta de energia elétrica nas imediações da Ponte sobre o Rio Acaraú na BR-222 (Ponte do Pintinho, como é conhecida), onde está localizado o sistema de captação Poço do Rio, da Estação de Tratamento de Água (ETA) Dom Expedito.

 A falta de energia elétrica no local ocorreu desde às 15h de quarta-feira (25/03) até às 8h da manhã desta quinta-feira (26/03). Com a recuperação da rede elétrica por parte da empresa Enel, foi normalizado o bombeamento por parte do SAAE. A distribuição de água voltará gradativamente em todas as áreas atingidas. Como o sistema funciona por pressão, a água chegará mais rápido nas regiões centrais e só depois nas áreas mais elevadas.

O SAAE alerta que esta paralisação, poderá ocasionar alterações na turbidez e coloração da água.

 O SAAE pede a compreensão dos moradores e destaca que trabalha para garantir água para todos os moradores de Sobral com regularidade, qualidade e segurança.

 Para reclamações, solicitações, sugestões ou esclarecimentos, a população pode entrar em contato com o SAAE pelos canais de atendimento: site www.saaesobral.com.br e os telefones 0800.283.0195, (88) 98129-1704 e 99247-3431 (whatsapp). Também estão disponíveis os telefones da presidência da autarquia: (88) 98122-2268 e (85) 99994-1190.