O secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, realizou, na sexta-feira (09/03), no Centro de Educação Infantil Professor Miguel Silva, a entrega do kit escolar e fardamento dos alunos da educação infantil IV e V. O CEI Professor Miguel Silva atende 588 crianças de 01 a 05 anos do Residencial Nova Caiçara.

O secretário destacou o recente investimento com a inauguração do CEI e pediu a colaboração dos pais no desenvolvimento dos estudos das crianças e conservação do material. “Pedimos o apoio e a ajuda para que a gente possa manter o cuidado com o Centro de Educação Infantil como sendo extensão da casa de vocês. É aqui onde as crianças vão ser educadas, cuidadas, alimentadas, tudo que é feito aqui se não for muito bem acompanhado, se não for muito bem monitorado no ambiente de casa acaba não se fortalecendo da maneira devida”, falou Herbert Lima.

“A escola não funciona sem família e família não funciona sem escola, é por isso que em menos de uma semana de funcionamento estamos concluindo hoje a entrega dos kits e fardamento escolar. Eu peço que vocês continuem sendo parceiros e amigos, que continuem comprometidos com os filhos de vocês e a escola. Parabenizo a todos vocês e deixo aqui a minha gratidão”, falou a diretora do CEI, Dedita Silva.

A Secretaria da Educação de Sobral realizou, entre os dias 6 a 8 de março, aulas inaugurais do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) nas escolas Gerardo Rodrigues, Yedda Frota e Mocinha Rodrigues. Na ocasião, foi assinado um convênio entre o município e a Secretaria de Segurança Pública do Estado para desenvolvimento do programa durante este ano.

Os mais de 1.200 alunos das escolas municipais de Sobral, localizadas no território do Ceará Pacífico, terão aulas sobre: Considerar as consequências de suas decisões, resistência às pressões de grupos, valorização da autoestima, controle de tensão, solução pacífica de conflitos, influência dos meios de comunicação e busca de modelos positivos de vida.

O Proerd é um programa comunitário preventivo, que tem como objetivo transmitir uma mensagem de valorização à vida, bem como a importância de crianças e adolescentes manterem-se longe das drogas e da violência. O programa é ministrado durante 15 semanas por um policial militar fardado, treinado e capacitado, que propicia um forte elo de ligação na comunidade escolar em que atua, fortalecendo o trinômio: Polícia Militar, escola e família.

Fizeram parte dos eventos a prefeita em exercício, Christianne Coelho; o secretário de Educação de Sobral, Herbert Lima; o comandante do 3º Batalhão de Policia Militar, tenente coronel Francisco Assis Azevedo de Sousa; o comandante da Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) de Sobral, tenente Marcos Paulo da Costa; o sargento Ubirajara; o Cabo Brito e os diretores das escolas Gerardo Rodrigues (Susana Linhares), Yedda Frota (Domingos Sávio) e Mocinha Rodrigues (Fafá Farias).

Fotos da solenidade na Escola Gerardo Rodrigues AQUI

Fotos da solenidade na Escola Yedda Frota AQUI

Fotos da solenidade na Escola Mocinha Rodrigues AQUI

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Cultura, Juventude, Esporte e Lazer (Secjel) e Estação Juventude, promove nessa quarta-feira (14/03), a partir das 19 horas, mais uma edição do projeto Comunidade Participativa - Comitê Gestor Local.

Nessa edição o projeto recebe como convidado o secretário Igor Bezerra, que tratará do tema 'Cultura, Juventude, Esporte e Lazer'. A ação cria uma agenda positiva de resolução de demandas e dialogo entre o poder público e a comunidade local.

O evento acontece na Estação Juventude Novo Recanto, Rua João Paulo II, nº 200.

Para tornar-se apropriada ao consumo humano, a água é submetida a um rigoroso tratamento, segundo as normas de controle e vigilância da qualidade, estabelecidas na Portaria nº 2.914/11 do Ministério da Saúde. Este processo é realizado em Sobral pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) Sumaré e Dom Expedito, através das etapas de coagulação, floculação, decantação, filtração e desinfecção com cloro.

Neste período de chuvas, as enxurradas mais fortes provocam aumento da turbidez da água, o que pode obrigar o SAAE a reduzir a oferta de água na cidade, visando garantir a qualidade da água distribuída. A turbidez ocorre quando a água tem sua transparência reduzida, devido a presença de sólidos em suspensão (no nosso caso, estes sólidos são predominantemente lama).

Essa água chega às estações de tratamento com valores de cor e turbidez muito elevados, o que dificulta a remoção de impurezas. O problema é agravado por conta do desmatamento das matas ciliares dos mananciais que abastecem a cidade de Sobral, principalmente dos rios Acaraú e Jaibaras. O SAAE esclarece que apesar da turbidez, a água é própria para o consumo humano.

O SAAE trabalha para garantir água para todos os moradores de Sobral com regularidade, qualidade e segurança.

Para reclamações, solicitações, sugestões ou esclarecimentos, a população pode entrar em contato pelo telefone 0800-283-0195.

Nessa quarta-feira (14/03) a sala de cinema Falb Rangel, na Casa da Cultura, exibe o drama “Que horas ela volta”, dentro da programação do projeto “Cinema na Casa”. A ação é uma proposta voltada a estimular a fruição e difusão de produções cinematográficas nacionais. A exibição acontece às 19:00 horas.

Sinopse:
A pernambucana Val se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha, Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho. Treze anos depois, quando o menino vai prestar vestibular, Jéssica lhe telefona, pedindo ajuda para ir a São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

Classificação indicativa: 12 anos